Acupuntura

//Acupuntura
Acupuntura 2016-11-15T20:38:22+00:00

As origens da Acupuntura perdem-se no tempo. Evidências arqueológicas permitem supor que a técnica era praticada no continente asiático, mais especificamente na China, há mais de cinco mil anos. Alguns pesquisadores, em suas obras, referem suas origens há cinco mil anos.

Na China mestres antigos ensinavam que a doença era uma alteração das funções do corpo provocado por fatores externos, como frio, calor, umidade, fatores emocionais, nutricionais ou envelhecimento. Por meio da acupuntura seria possível recuperar o equilíbrio.

Os tratamentos eram feitos através de dietas e chás (dietoterapia e fitoterapia), massagens (Tui-Na), exercícios respiratórios, com ou sem movimentos corporais (Qi Gong), ventosas, moxa, guashá.

Achados arqueológicos da dinastia Shang (1766-1123 a.C.) incluíam até instrumentos primitivos de acupuntura e carapaças de tartarugas e ossos. Mas o primeiro texto médico conhecido pela MTC é o Tratado de Medicina Interna do Imperador Amarelo (Nei Jing), escrito na forma de diálogo entre o lendário Imperador Amarelo (Huang Di) e seu ministro, Qi Bai,  durante Estados Combatentes (475-221 a.C.). Outros textos clássicos surgiram posteriormente, entre eles a Discussão das Doenças Causadas pelo Frio, O Clássico sobre o Pulso, O Clássico das Dificuldades (Nan Ching) e O Clássico sobre Sistematização da Acupuntura e Moxa.

Esse importante livro – Nei Jing – ficou conhecido como “O Cânon de Medicina do Imperador Amarelo” e serviu de base para o desenvolvimento da MTC. O primeiro volume contém as técnicas de exame físico e as teorias e fundamentos da MTC, enquanto o segundo contém praticamente toda a ciência do diagnóstico e tratamento por meio de agulhas e moxas, desde os diferentes instrumentos utilizados na época, como as “nove agulhas”, até a localização e a indicação terapêutica dos pontos, sendo cerca de 60% destes usados como referência ainda hoje.

Em resumo, a Acupuntura é uma vertente da Medicina Tradicional Chinesa que visa promover o reequilíbrio energético do organismo, promovendo assim um retorno ao estado de saúde.

Print Friendly, PDF & Email