15 Coisas que as Pessoas Emocionalmente Fortes Não Fazem

/, Bem-estar, Reflexões/15 Coisas que as Pessoas Emocionalmente Fortes Não Fazem

15 Coisas que as Pessoas Emocionalmente Fortes Não Fazem

Há um aspecto particular da força mental que é o fator decisivo para saber se você vai ou não ter uma boa vida. Existem muitos níveis para a força mental e todos são necessários para termos sucesso e sermos felizes. A que tem maior impacto é a força emocional.

Emoções fazem parte da nossa psique, no entanto, distinguem-se das restantes qualidades mentais porque influenciam diretamente o corpo físico. Afetam a maneira como nosso corpo funciona e dirigem cada uma de nossas ações. Sem emoção, não teríamos nenhuma razão para agir ou para fazer qualquer coisa por nós mesmos.

As emoções são nossas maiores motivações. Infelizmente, elas podem nos motivar a agir em qualquer direção, mesmo sendo a errada. Por esta razão, a força emocional é essencial. Há inúmeras situações que as pessoas emocionalmente fortes evitam e muitas ações que elas nunca irão tomar. Aqui estão 15 delas:

 

Precisar de atenção está diretamente ligada à emoção. Aqueles que sentem necessidade de reconhecimento só sentem que tem valor quando os outros os fazem sentir-se necessários. São pessoas inseguras e incertas do seu valor. Sem um pingo de autoestima.

Sentir-se sem valor atrai pessoas que não lhe darão importância. Se não nos dermos valor, os outros também não nos darão.

Força emocional requer resiliência. Este mundo está cheio de inimigos, invejosos e ciumentos. A triste verdade é que muitas vezes a maioria das pessoas que nos impedem a felicidade são aquelas mais próximas a nós. Livrar-se dessas pessoas é muitas vezes a melhor solução, mas também a mais difícil.

Se você puder discretamente remover essas pessoas da sua vida, isso será menos um problema emocional.

Se está guardando um rancor, você já se preocupa mais com a situação do que deveria. Se uma pessoa pede desculpas sinceramente, perdoe.

Se esta pessoa não lhe pedir desculpas, não interaja com ela, mas não guarde rancor. Continuar interagindo com ela, ocupará muito de sua energia mental, lhe fazendo mais mal do que bem.

Os emocionalmente fortes fazem o que fazem porque adoram fazê-lo. Não planejam ir mais devagar ou parar porque qualquer um considera sua felicidade inadequada.

Aqueles que se amam e se entendem, aqueles que não têm medo e tem orgulho de si próprios nunca duvidam deles mesmos. Sabem quanto valem, nem um tostão a mais, nem a menos.

Existem pessoas más, sim, e nos perguntamos o porquê. Ser mau só serve como fator de intimidação. Se você está tentando intimidar as pessoas, é melhor negociar. Se está tentando intimidar apenas por prazer, obviamente está compensando sua falta de confiança.

Os emocionalmente fortes são fortes por uma razão: eles não se expõem para pessoas que quebram suas defesas e esmagam sua moral.

A maioria das pessoas estão perdidas e adorariam levá-lo junto com elas. Não deixe que minem sua felicidade.

Se tem medo de amar, você não tem confiança suficiente em si mesmo.

Você pode até estar em um relacionamento duradouro, mas pode ser que esteja condenado ao desastre. Você não quer se machucar novamente, pois não é agradável.

Não há nenhuma razão para ter seu coração partido novamente, porque você é incrível!
Se as coisas não estão dando certo, não é você. É vocês dois juntos. A menos, claro, que você seja um ser humano horrível.

A melhor parte do seu dia deve ser o momento em que acorda e percebe que ainda está vivo. Normalmente achamos que a vida vai durar para sempre.

Pessoas emocionalmente fortes não tem necessidade de constante ação e emoção. Não precisam correr durante o dia todo ou se manter em movimento a fim de evitar suas sombras.

Elas apreciam um momento tranquilo porque as aproxima do sentimento de fazer nada, de estar vivo, respirando. Isto não quer dizer que elas não gostem de emoção em suas vidas, mas não são viciadas e ficam muito felizes em apenas dar uma caminhada e observar as flores.

Todos nós fazemos coisas que não gostamos de fazer, mas nunca deveríamos fazer coisas que não queremos fazer.

Os emocionalmente fortes entendem isto e quase sempre arranjam uma maneira de se concentrar no que elas gostam, enquanto fazem o que precisa ser feito.

Embora não amem cada segundo do que fazem, elas gostam de fazer o que estão fazendo porque isto as está levando um passo mais perto do que amariam fazer.

Se você não consegue dizer “não”, as pessoas irão abusar de você.

Você será considerado um simples tarefeiro e ninguém irá pedir sua opinião ou levá-la a sério.
Dizer “não” lembra as pessoas que elas não têm controle sobre você.

Nunca estamos tão ocupados ou tão pobres que não possamos doar nosso tempo e/ou dinheiro a alguém. Não é que nos esquecemos, mas algumas pessoas simplesmente optam por ignorar as nossas responsabilidades como seres humanos.

Quanto mais forte estiver emocionalmente, mais você irá apreciar os outros e a própria vida. Você dá mais valor a vida e começa a simpatizar com aquelas pessoas que não tiveram tanta sorte.

Quanto mais forte você está emocionalmente, mais independente se torna. Não sente necessidade de se encaixar porque você já se encaixa onde importa: no mundo.

As pessoas formam grupos sociais menores, que frequentemente são distorcidos e pouco saudáveis. Querer ser aceito não é mais do que: “Tenho medo de ser eu mesmo”.

Mais importante ainda, os emocionalmente fortes perceberam o poder que seus cérebros têm sobre a mente e o corpo.

Percebem que as emoções são reações, não reações a causas físicas diretas, mas à maneira como percebemos essas causas. Em outras palavras, nossas emoções não refletem a realidade; ao contrário, nossas emoções refletem a maneira como interpretamos a realidade. Compreender isto nos dá controle quase total das nossas emoções e, portanto, das nossas vidas.

Print Friendly, PDF & Email
2017-03-18T21:44:35+00:0028 maio 2015|Categorias: Autoestima, Bem-estar, Reflexões|Tags: , |

About the Author:

Olá, meu nome é Fernanda, mas me chamam de Nanda, Fê, Fer, etc.. fique à vontade! Tenho 48 anos, nasci e moro em São Paulo. Sou espiritualista e procuro retirar o melhor que cada religião tem a oferecer. Trabalho numa fraternidade espírita há muitos anos. E com o passar do tempo, as pessoas começaram a me procurar para conversarem, desabafar, falar sobre seus problemas. De alguma forma inspirava confiança nelas. Paralelamente fui me aperfeiçoando nas Terapias Holísticas. Minha mediunidade é a intuição. Minha mentora direta é Nahira e a cigana que me acompanha é Lia. Elas estão sempre por perto me orientando e ajudando quando preciso ouvir e aconselhar alguém. Muitas vezes eu mesma me surpreendo com as palavras que falo. Fora elas temos os mentores da Fraternidade que orientam nosso trabalho, pois independente de qualquer coisa, nosso maior desejo é que as pessoas realmente descubram a força que têm dentro de si mesmas.